Um Desafio e Um Pouco de História

Hoje faz um ano que eu fugi de casa, deixei “tudo para trás”:um marido psicopata, meus filhotes e todo o resto,de carro a receitas de bolo, meu trabalho por sinal.
Segui a tal da filosofia chinesa que prega que devemos possuir apenas o que podemos carregar.
Criei o blog para desabafar e juntar receitas e voltar a trabalhar.
“Eu sei disso” era o que eu mais dizia, sempre tinha alguém me falando: não chora, isso vai passar, o tempo cura, você é melhor que isso… e eu respondia soluçando em prantos: -Eu sei disso!

A novela toda tem que ser em capítulos, é muito longa e dolorida.
Ainda não tenho um endereço, moro de favor, durmo no chão, mal tenho tempo de cozinhar meu almoço, só ando de ônibus, vejo meus filhos a cada três meses, o que pra mim é o pior de toda história, mas foi melhor assim, outra hora eu conto mais.

Vamos então ao desafio:

Como é aniversário do blog, e eu estou pesquisando justamente receitas de festas, vou pedir a sua receita de bolo, pode ser do mini ou do cupcake, qualquer uma que você use pra comemorar aniversários.
Ah, tem que ser com foto, mande um email pra sandraperessp@gmail.com , com a receita e a foto, ou deixe um comentário com o link de onde está a receita.

Aceito as receitas até o dia 19/01/2010 as 23:59 hs.
No dia 20/01/2010 posto todas as receitas no blog e inicia se a votação, dia 23/01/2010 encerro a votação, digo quem ganhou e envio o premio, que será um kit de confeitaria, igual ao que eu vou fazer pra mim, agora que voltei a fazer bolos e preciso de um.Até o fim de semana posto uma foto do kit aqui, assim todo mundo fica sabendo o que irá ganhar.

Boa Sorte, Muita Inspiração

6 comments Add yours
  1. É engraçado qdo gente que eu não conheço escreve lá no blog. É legal e diferente. Como o endereço não está anunciado e eu não fico divulgando, quem chega lá, é sempre de maneira aleatória 🙂

    No ano retrasado (2008) eu fiz várias coisas diferentes, mas nada comparado ao que vc fez.

    Se eu te visse chorando, jamais diria: “Pare de chorar(…)”.
    Diria “Chore mesmo, chore tudo, põe para fora, tudo o que está machucando. Se não der para ser de uma vez, faça aos poucos. Mas não se deixe envenenar.”

    Exige-se muito mais coragem para mudar, deixar a vida da gente para trás, do que suportar todo o peso que ela tem.

    Qdo vc vier a SP, me avise. Vamos almoçar lá na Liberdade, em um restaurante MUITO gostoso de comida caseira japonesa. Onde as coisas são quentes e cozidas/fritas, (nem sei se vc gosta de comida japonesa, mas a comida lá, é sempre uma delícia!)

    Feliz Ano Novo! Que este ano seja diferente, melhor e mais feliz 🙂

  2. Olá, o que aconteceu com vc?!
    Vc apanhava dele?! Precisou fugir?
    Eu sofri violencia domestica e luto
    amargamente pq eu o denunciei.
    Estamos sozinhas, mas não estamos,
    se pode entender.
    Sou amiga da Nana.
    qq me procura ou no Blogzoom
    para entretenimento ou no Masquerade
    para comportamento.
    BEIJOSSSSSSSSSSS

  3. Gabi, cada vez que ligo o PC “emprestado”, faço uma viagem, conheci tanta gente boa!!!
    Adoro comida japonesa, te aviso sim qdo estiver em Sampa, agora um dos meus objetivos é conhecer pessoalmente todos com quem converso por aqui…

    Vivian, estou esperando sua receita.

    Nana, pode sim ser alguma já publicada!

    Beijão á todas

  4. Sissym, sim, algumas vezes, não denunciei pra preservar os meninos e sei que é uma briga muito injusta.
    A agressão psicológica é muito pior que a fisica, hj apesar da saudade to trabalhando muito e recebendo muitos presentes da vida, pra em pouco tempo estar junto dos meus filhos.
    Já estou te seguindo, vamos manter contato!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *