Pão Déliiciia – Parte III

Espero que a ultima, não que eu não pretenda mais fazer esse pão, quero fazer sim,só tenho que saber se os baianos aprovam, o namorado gostou, mas ele é meio suspeito pra falar. Eu gostei, mas sou mais suspeita ainda.

Acordei as cinco da matina, e fui pra cozinha, fiz todo o ritual… que vocês já conhecem e DEU CERTO!!!

Eu usei essa receita, só que fazendo de outro jeito, dei uma misturada com o que aprendi no curso, com o que li na internet e com todas as lendas que ouvi por aqui, vou simplificar:

Bata no liquidificador:
3 xícaras de leite morno
3 ovos
1 xícara chá de açúcar
1 colher de margarina
1/2 xícara chá de óleo
1 sachê de fermento biológico seco

Coloque numa tigela, acrescente 1 Kg de farinha de trigo sem fermento, e vá batendo a massa até ficar bem brilhante e elástica, se tiver uma masseira ajuda, deixe a massa crescer, até dobrar de volume.
Enquanto isso:

Unte com óleo e enfarinhe 4 a 5 formas retangulares que caibam no forno, eu untei uma grande demais e não coube, tive que trocar de forma depois de crescidos.

Faça um molho branco com queijo parmesão, ou um mingau de queijo, existe isso??? Eu não perco a mania de não seguir receitas e de não anotar as receitas que invento, mas eu fiz assim:
Numa panela média coloquei manteiga, deixei derreter, juntei farinha de trigo, fui acrescentando leite até ficar cremoso, mexendo sempre, adicionei 50 grs de queijo ralado, 1 caixa de creme de leite e meio copo de requeijão, deixei esfriar para rechear os pães.

Em outra panela, coloquei um pouco de manteiga, para derreter e pincelar os pães, usei outro sachê de queijo ralado para polvilhar sobre os pães.

Com a massa crescida, fui modelando os pães com as mãos untadas em margarina, distribui nas formas e cobri para crescerem, por mais uma hora.
Quando termino de modelar os últimos, os primeiros vão ao forno.

Assei em 220° por 10 minutos aproximadamente, retira do forno, deixa esfriar um pouco, pincela manteiga, polvilha o queijo e depois de frio, faça um corte na lateral do pão e espalhe recheio a gosto.

Aqui tem em todas as festas, com todos os sabores salgados imagináveis, com frios, patês, etc.
Eu já quero experimentar com doce de leite ou com goiabada, ou quem sabe um ganache de chocolate.

Eu fiz um especial com cheddar da tirolez, que é uma delicia, não tem gosto de mingau.Coisa de paulista !!!

O suco de hoje foi de tangerina!!!
Já comento com vocês sobre dieta.

5 comentários Adicione o seu
  1. HUHAUHA!!! Amei a novela do pãozino misterioso!!! Dei uma sumidinha e então li tudo de uma vez! Mas me dá preguiça só de pensar em fazer…hehhehe!!!

    Mas adorei a dica da torta de limão!O namorido AMA, mas como naum tenho batedeira ainda, nunca fiz, agora acho que vou arriscar!!

    E o drama, leonina, já passou!??! Pois eu acho que só pode ser uma fase, pq todo leonino que eu conheço é exuberante e cheio de estilo por si só! Isso vem de dentro, guria, lave os cabelos, passe um gloss e use a criatividade pra mudar o visual sem gastar muito, ou até sem gastar nada!! Um lenço resolve! E sem stress, bom humor e caráter é o melhor estilo!!

    Bjux!!!

  2. Babei de vontade Sandra, aqui no Goiás, tem um tal de um enroladinho de queijo que é diferente de todos os que já vi Brasil afora, é com queijo coalho no recheio e com coco e leite condensado na cobertura, sofro por ele né, como todos os dias!!! rsss, ah, o suco tá com uma cara ótima, adoro tangerina!! beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *