Cupcakes Ferrero Rocher – A saga e o Desafio

Todos podem dizer que para fazer cupcake é só fazer qualquer massa de bolo, mas eu não concordo, tem que ser uma massa especial, senão é bolinho.
Acompanho sempre o Blog da Joy, e quando vi o desafio do cupcake ferrero rocher, fiquei com água na boca para participar, rápido imprimi a receita e assim que sai do trabalho fui atrás dos ingredientes, encontrei quase tudo, me faltaram as avelãs, afinal, quem em Santo André gosta de avelã num sábado a tarde?
Fui a três supermercados e nada, até procurei avelãs na internet, tipo disk pizza, mas não encontrei, eu sem carro, com labirintite e sinusite, teria que ir até o mercadão para encontrar as tais.
Pensei em usar castanha de cajú ou do pará, que encontra se de quilo em qualquer esquina, mas para mim alterar um ingrediente da receita é um crime, só com uma grande licença poética, e queria mesmo comer daquele jeito.
Pensei até em comprar umas dez caixas do bombom,  arrancar as avelãs do centro e usa-las na cobertura desta vez o orçamento não deixou, acho que ficava mais barato pagar um taxi até o mercadão e ainda pedir que me esperasse.
Uma semana passou e a namorada do meu pai, a Maria Isabel, perguntou se eu precisava de algo do mercado, eu respondi:
-Precisar eu preciso, só acho que você não vai encontrar, estou precisando de avelãs…
Coitada deve ter imaginado que eu fosse pedir algo normal, como um sabonte, um kilo de sal, lá chego eu no primeiro favor que ela vai me fazer e peço avelãs. Alertei logo que não era muito, apenas uma xícara, para decorar alguns cupcakes.
Nem estava esperando que ela trouxesse e fui dormir, não é que quando acordo, encontro pendurada na porta do meu quarto uma sacolinha com um pote de avelãs, a danada encontrou!!! Ela não me disse o preço o que vai atrapalhar um pouco a soma do custo do produto, se alguém souber o valor me avise para que eu possa concluir o custo.
Com todos os ingredientes em casa só me faltava tempo, quando eu chegava cedo em casa, era porque eu estava quase morrendo, quando eu chegava tarde eu também estava quase morrendo além de muito cansada.

No domingo, eu consegui, e fiz a primeira vez a receita, segui todas as orientações inclusive a de não encher muito a forminha, porque a massa crescia muito, não sei onde eu errei, porque depois de ler e reler a receita, conclui que daria 12 unidades, fiz os 12 e ainda me sobrou massa para mais 12 mini. Fiquei muito brava quando abri o forno e percebi que eles não cresceram tanto assim, nem encheram a forminha e para ajudar ficavam descolando do bolo, só de raiva, comi um ainda quente e que delicia! Sem recheio, sem cobertura, estavam divinos, imagina pronto!

Agora  eu teria que fazer outra vez, já que desinterei a receita e ficaram tão “mini minúsculos”. Seria ótimo se eu tivesse todos os ingredientes em casa, calma, não gastei as avelãs!!!
Me faltava o açúcar mascavo e a manteiga, na segunda lá fui eu ao mercado, desta vez me precavi, comprei de tudo, caso ainda não ficasse bom.

Hoje de manhã, tirei a manteiga da geladeira, separei todos os ingredientes outra vez, li, reli só para ter certeza que daria tudo certo.

Coloquei uma colher a mais de massa em cada forminha, evitando assim que me rendesse 12 minis, não tinha como dar errado, é matemática, você coloca duas colheres de sopa de massa em cada forma de cupcake, e te sobra 12 colheres de massa que você prepara 12 minis cupcakes, então você abre o forno e vê que seus cups já assaram e falta um dedo na forma para completar, conclui que foi aquela colher de massa utilizada para fazer o que era uma sobra, os minis e resolve fazer de novo  com uma colher de massa a mais, sem a sobra, e eles ficarão perfeitos, pois é, ficariam, se culinária fosse matemática .
Cresceram demais, só não foi pior porque eu fiquei torcendo para não ser pior, mas de qualquer jeito já separei outra manteiga para chegar a temperatura ambiente e imaginei as crianças levando cupcake de nutella a semana inteira para escola.

Com muito jeito e uma paciência que eu nem tenho e nem sei quem me emprestou, retirei os cups da forma e coloquei sobre a grade, quebrando a “beiradinha” queimada, guardando para uma eventual eventualidade, que nunca acontece comigo!!!

Até que ficaram mais ou menos, segui os procedimentos do recheio e da cobertura e quando tudo parecia que ia bem, a cobertura desandou, também quem manda não ouvir a consciência e colocar a glucose, ficou mole demais e pingando, mesmo gelada;

Derreti mais chocolate e misturei no creme, e mais e mais um pouco, até que ficou bom.
Bom ficou o sabor, porque a aparência… Levando em consideração que esse é um desafio da melhor imagem, o maior prêmio que vou conseguir ganhar, será comer o cupcake antes de muita gente, e se eu continuar comendo manteiga e creme de leite como ando comendo vou para Nova Iorque rolando.
Vamos a receita, copiada e colada do blog da Joy :

Cupcake Ferrero Rocher:
1/2 xíc de água fervente
6 colheres de sopa de cacau em pó ( não use achocolatado)
1/4 de xíc de leite
1/2 colher de chá de baunilha
1 colher de sopa de extrato de avelã
1/2 xíc de manteiga sem sal – em temperatura ambiente
10 colheres de sopa de açúcar mascavo
6 colheres de sopa de açúcar
2 ovos grandes
1 xíc de farinha de trigo (peneirada)
1/2 colher  mais 1/8 ( só a pontinha da colher)  da colher de fermento em pó 
1/4 colher de chá de sal

Em uma vasilha redonda misture a água com o cacau. Adicione o leite, os dois extratos ( baunilha e avelã). Em uma vasilha maior combine a manteiga ( precisa estar em temp ambiente!!!) e os açúcares até obter uma consistência cremosa. ( 2 – 3 minutos). Em uma vasilha pequena bata levemente os ovos e adicione-os na vasilha com manteiga e açúcar. Adicione aos poucos e misture bem antes de cada adição. Peneire a farinha, o fermento e o sal e adicone na mistura de ovos alternando com a mistura de cacau.
Esses cupcakes crescem bastante por isso preencha as forminhas até a metade. Pré- aqueça o forno – 180° por aproximadamente 18 minutos. Deixe esfriar sobre uma grade.
Eu nunca usei essa quantidade de extratos em outra receita. Na verdade fiquei preocupada se o correto seria usar uma colher de chá em ambos. No entanto, definitivamente foi preciso usar essa quantidade, Eu adicionei outra colher inteira ( use 1/2 se estiver fazendo somente 12).
Recheio
Se você tiver Nutella em sua casa, eu acho que você poderia simplesmente rechear os cupcakes com Nutella. Eu não tinha Nutella, e não queria sair para comprar.
Eu tinha creme de avelãs em casa, então usei 200grs de creme de avelã para rechear os 12 cupcakes.
Cobertura
Eu usei a receita de ganache que retirei do blog Sweets Made Here. A única alteração que eu fiz foi que no lugar de colocar avelãs sobre a ganache, eu misturei uma xícara de avelãs moídas na ganache antes de espalhá-la.Eu também dobrei a receita de bolo, eu não dobrei a receita de ganache porque eu ainda tinha o suficiente.
1/2 xícara de creme de leite ( usem o fresco)
250 gr de chocolate meio amargo picado ( usei 400 grs de chocolate ao leite, para chegar no ponto.)
2 colheres de sopa de xarope de milho
2 colheres de chá de extrato de avelã

Aqueça o creme até que abra fervura. Tire a panela do fogo e adicione o chocolate, mexendo para derrete-lo, e vá adicionando o xarope e o extrato e avelã.

 Segui a receita o mais próximo possível, no caso do fermento não especificava o tamanho da colher, então utilizei uma colher de sobremesa rasa, sem isso de 1/8 de colher, se fosse pelo menos 1/8 de pizza…
O chocolate também, aqui em casa as crianças preferem o ao leite, então preparei a cobertura com as 250 grs, mas para chegar no ponto precisei colocar mais 150 grs totalizando 400 grs de chocolate ao leite.
Para finalizar a decoração usei gel dourado , seguindo a padronagem do bombom, que tem uma forminha marrom e é dourado em cima.Só estou falando isso para me defender, porque só tenho um celular para fazer as fotos, então tenho que argumentar!
Quanto as avelãs, daria um capitulo a parte, primeiro tive que torrar, para soltar a pele, então triturar e adicionar ao ganache da cobertura, mas vale a pena, se não torrar o sabor é outro e a pele deixa um gosto amargo. A receita pedia 1 xícara, ganhei um pote com 140 grs que encheu um copo de creme de avelã:

Usei tudo, deu uma crocância muito boa a receita.
Enfim, espero que gostem, se quiserem participar ainda dá tempo, é até o dia 9 deste mês.

 

9 comments Add yours
  1. Oi Sandra, é a primeira vez que venho aqui e já adorei…inclusive o cupcakes, está com uma cara ótima, deve ter ficado uma delícia…
    Já estou te seguindo…
    Bjus!

    decorefeliz.blogspot.com

  2. Oi riponga e a TPM já passou!!! Acho que sim hihihihihi A minha passou e irmão (chefe) ta mansinho, mansinho. Menina que cup é esse. Deve ter ficado delicioso hummmm. Acho que preciso comprar uma forma de cup!!! Muitos beijos pra vc minha amiga!!!!!1

  3. Oi Sandra… acho que esses cupcakes foram um ótimo jeito de espantar a tpm… mesmo vc tendo vários obstáculos vc se esforçou demais… como sempre fez tudo com o maior carinhos. Ja salvei a sua foto. Boa sorte!

    POis é… quando falei pra uma das meninas que o problema não era a quantidade então eu acertei… tem a ver com o jeito de bater a massa e temperatura dos ingredientes… Concordo com vc que confeitaria não é matemática… rs
    Bjos querida!
    Joy

  4. Sandra, adorei teu relato. Ri um bocado imaginando as cenas. A gente só falta sentar num banquinho na frente do forno pra vigiar o crescimento né?
    Olha, o fermento é 1/2 colher de chá + 1/8 da colher. Acho q a Joy esqueceud e digitar, mas no original em inglês é colher de chá. Sós ei disso pq fiquei na dúvida e fui caçar o tamanho das colheres!hehee

    Ah! Apesar da cobertura não ter dado o ponto (vc usou a quantidade certinha? PQ eu tb não usei a glucose a minha cobertura ficou dura depois de seca)eu fiquei com vontade de comer, sabe quando parece apetitosa?

    Beijocas

  5. É até maldade eu ler isso em plena dieta e depois do almoço.. haha

    Parecem mt mt mt gostosos, eu ainda sou iniciante na cozinha e tenho medo de dar tudo errado, mas quem sabe é um boa opção pro findi.

    bjs!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *