Mix de Cogumelos – Dieta Coletiva

Eu não tenho muita dificuldade em fazer dieta, por que eu como de tudo e acho gostoso. Esses cogumelos mesmo, o que tinha de gente torcendo o nariz, dizendo que não queria, e eu salivando só de imaginar o preparo.
Fui estudar um pouco sobre os tais shitake e shimeji  e tive uma grata surpresa.
São pouco calóricos, 100g tem apenas 35 calorias.
Fáceis de preparar, tem até receitas que podem ficar na geladeira, em potes e completar uma refeição.
São fontes de proteína, 4 colheres de sopa desses cogumelos, equivalem a um bife pequeno de contra- filé, que contém 13g de gordura, contra menos de 1g dos cogumelos.
O sabor intenso dele aciona uma espécie de centro de recompensa do nosso sistema nervoso. Ativado, esse centro manda uma mensagem de saciedade ao cérebro.
Estimular o sistema imunológico está entre os principais benefícios terapêuticos dos cogumelos shimeji e shiitake e, só por isso, já podem ser considerados alimentos mais do que funcionais. 
Ao lado de uma lista que inclui a cevada, o farelo de arroz, a alga marinha e o chá verde, os pesquisadores apontam o shitake e o shimeji como alimentos capazes de proteger o organismo contra doenças ligadas ao coração. Entre elas, o colesterol alto, a hipertensão, o enfarte e o diabetes. 
Se você nunca experimentou os cogumelos shimeji e shiitake, a hora é essa. Grelhados com shoyu, como são servidos na culinária japonesa, incrementando risotos ou massas, como acompanhamento de peixes ou carnes assadas, salpicados na omelete e até na nossa amada pizza, eles estão cada vez mais populares nos pratos dos restaurantes badalados. 
Só cuidado! Não vale incrementar o prato com mateiga, creme de leite e caldos industrializados. 
Devido a tantas qualidades, vou ter que visitar a Liberdade com mais frequência, só lá encontro esses cogumelos frescos, se alguém souber de outro lugar, em Santo André, principalmente, me avise.

Decidi fazer um preparo simples e atrativo, para viciar as pessoas de casa e conseguir que todos fiquem bem alimentados.
Pretendia fazer com filé mignon, porém não tinha e usei a picanha mesmo, é só tirar a gordura na hora de comer, sou o terror das nutricionistas, que mandam tirar toda a gordura de tudo, antes do preparo, eu preparo com gordura, retiro já no prato. 
O prato todo, tinha por volta de 300 calorias, sem a gordura da picanha, você pode não ser preguiçosa e fazer uma salada de entrada, que vai dar ainda mais saciedade e acrescentar pouquíssimas calorias.



Picanha com Mix de Cogumelos


1 picanha pequena fatiada
sal e piemnta do reino a gosto
2 dentes de alho picados
1 fio de azeite para grelhar
200 grs de shitake
200 grs de shimeji
3 colheres de molho shoyo 
1 copo de cogumelos paris
cebola, alho e salsa desidratados


Modo de Preparo:
Tirem as nutricionistas da sala.
Limpe e fatie os cogumelos, reserve.
Numa frigideira larga, coloque o azeite e deixe esquentar bem, use a boca maior do fogão, espalhe as fatias de picanha e polvilhe sal e pimenta do reino, deixe selar bem a carne, vire, polvilhe mais uma vez e retire do fogo. Reserve.
Na mesma frigideira, espalhe os cogumelos e vá refogando, polvilhe sal e pimenta do reino, e acrescente o molho shoyo, deixe secar um pouco.
Na travessa onde a picanha ficou reservada, vai ter um caldo da carne, despeje esse caldo sobre os cogumelos, para dar mais sabor ao prato.
Junte a cebola, alho e salsa desidratados, eu compro um sachê com o mix, mas pode ser salsinha, a gosto. 
Retire do fogo e sirva com a picanha e arroz.
Sou suspeita para dizer se ficou bom, se não fosse a dieta teria repetido, de gula, de tanto que gosto de cogumelos.
Na próxima compra vou preparar um antepasto e deixar na geladeira, para lanches da tarde ou incrementar saladas.


Ainda estou organizando a casa para a dieta, os armários já estão OK, só me faltam as balanças digitais, de cozinha e banheiro, para que eu possa fazer um controle de exato de porções e peso.
Não adianta só improvisar, na primeira situação de confronto, acaba indo muito esforço por água abaixo.Quero me certificar de que desta vez, será pra sempre.
Já incluí atividades físicas no meu dia, por pelo menos 5 minutos, um hábito saudável, não se forma do dia pra noite.

10 comments Add yours
  1. Mas vc tá um exemplo!! Fazendo tudo certinho, parabéns. Sandra eu amo cogumelos, pena que aqui em casa o pessoal tb torce o nariz p/ eles, e eu moro beeeem longe da Liberdade, mas acho que em Sto André deve ter esses cogumelos, pois tem bastante japonês ai, não é mesmo? Sei disso pois tenho amigos nipônicos na sua cidade.
    E vamos continuar firmes na dieta coletiva.
    Bjs♥

  2. Gostei de ver todo esse capricho vai te levar longe!!!!!!!! O Diário do bacon ta ficando interessante!!!!!To gostando desse blogagem o fato de postar as segundas é um grande incentivo. Beijo grande a vc.

  3. Noooossa! Esse mix de cogumelos ficou com uma cara ótima! Eu também adoro cogumelos com shoyu, é um prato simples, nada difícil de fazer e fica delicioso, além de, claro, ser ótimo prá saúde. Olha, vc não precisa ir até a Liberdade prá conseguir shimeji e shitake frescos e bonitos. Nas feiras livres é possível encontrá-los nas boas bancas de legumes (pelo menos, aqui na feira do meu bairro, eu encontro sem dificuldade alguma). Acho que se vc pedir para o feirante, ele busca prá vc. Tem uma loja de produtos japoneses em São Bernardo que também vende, a Japan House, que fica no começo da rua Jurubatuba. Quando eu preciso de algo que não encontro na feira do meu bairro, é lá que eu vou buscar, inclusive o arroz. Há uma outra loja aqui em Santo André que se chama Tiyomi, que vende produtos japoneses, não sei ao certo o endereço mas se vc quiser, eu pergunto pro meu irmão e te repasso.
    Sandra, quero te agradecer pelo presente do sorteio, fiquei ultra feliz! Depois te enviarei um e-mail prá te agradecer como vc merece! Beijos!

  4. Sandra,
    Seu prato me deixou com agua na boca….
    to aqui, imaginando a combinação da picanha dos os cogumelos….hummmmmmm
    Uma pena pagar tão caro aqui onde moro, porque na Liberdade os preços são tão camaradas.
    beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *