Pintando as Unhas

Já tem um tempo que está rolando uma blogagem coletiva, com esmaltes. Eu sempre to fora, primeiro porque meu trabalho não permite nem unhas grandes, nem pintadas, segundo porque acho mais fácil lamber meus cotovelos que pintar as unhas. Sim, eu já deixei de sair porque as unhas não estavam pintadas. Dá pra imaginar o tamanho do trauma, eu  o vidrinho de esmalte gigante, pintando tudo de vermelho e nada nas minhas unhas, sem esquecer do cheiro da acetona deixando todo mundo alucinado.
Esta semana descobri que tinha um “ameixa” guardado do ano passado sem usar. Bingo!
Como estou parada tem um tempo, as unhas cresceram que é uma beleza e estava indo muito bem obrigada com cores claras. Até fui na ikesaki, na Liberdade e comprei umas cores novas, voltei com um peso enorme na consciência, sem trabalhar e gastando, mas de de que adianta unhas grandes sem cor?
Tentei duas vezes, na primeira fui apressada e precisei remover tudo, porque consegui estragar todas.
Na segunda tentativa, me sai melhor, coloquei um sonzinho pra tocar, me proibi de atender o telefone e deixei um monte de coisas pra eu ler no PC, pra dar tempo de secar entre uma camada e outra.
Não está aquilo que se diga “olha que maravilha”, mas quebra o galho e me põe dentro da blogagem.
No twitter ta rolando muitas dicas, como: lambuzar as unhas com óleo secante antes de começar a limpar; se alimentar bem para garantir unhas fortes; deixar as unhas descansar pelo menos 24 horas entre uma cor e outra; Não usar acetona; ter seu próprio kit de manicure; sugestão de cores…
É assunto pra vida toda. Eu gostei muito dessa matéria aqui  .
Aproveito para falar também da dieta coletiva, já que o livro que estou lendo sugere, ta, ele obriga, a ter uma caixa de distrações, onde eu devo ter coisas que me distraiam, dã, pra eu não pensar em comida por um bom tempo, dentre tantas coisas, eu botei lá um kit de manicure, hoje me tomou um tempão e não me deixou beliscar entre o café da manhã e o almoço. Fica a dica!
Pra ver todas que estão participando da blogagem é só ir pra lá .

Ah, já tenho uma lista enorme de cores que eu quero!
Também uma curiosidade, porque quase todos os esmaltes tem nome de comida? Tinta pra carro não é assim!

8 comentários Adicione o seu
  1. Sandrinha,
    Eu acho lindo pintadinho assim, mas confesso que só consigo usar clarinho…tipo renda sabe?! =}
    “ta, ele obriga”…ri muito…=D
    Boa sorte na sua dieta!
    Um bejim grande no seu coração e tenha um lindo final de semana!

  2. E não é ??
    Esmaltes são viciantes, fui na ikesaki também, e a sorte é que eu tinha que comprar outras coisas na Liberdade, então não gastei muito !!

    Bjus 1000

  3. Mas frô, tu se saiu muitíssimo bem e ainda ficou com as mão liindas!! ;oD
    E tá certa viu, tem q estar com a auto-estima em dia pra seguir motivada, sendo assim, ponto pra s comprinhas esmaltísticas! ;oD

    Xêros
    Paty

  4. A maior vantagem da Ikesaki são os preços em promoção. Sempre mais baratos que os outros lugares.
    Na loja Armarinhos Fernando, lá na 25, tem uma boa variedade de esmaltes tb, com preço simpático!

    Tenho ficado muito controlada qdo vou lá na Ikesaki ou mesmo qdo vejo cores novas por aí.
    Não tenho unha para tanto esmalte!
    Mas vou voltar a pintar com frequência.

    bjs

  5. Sandra, eu também passei o Ameixa, mas com Açaí por baixo, ficou escuro e avermelhado, bem lindo. Eu só fazia as unhas na manicure, até que resolvi aprender também, esse ameixa fui no salão, mas o rosa anterior fui eu quem fiz mesmo, tbm senti uma dificuldade do @#¨&*$ mas a cada nova tentativa tudo melhora, como sempre ;o) Adoro teu blog, tuas receitas, teus desabafos… Beijocas ♥

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *