Chá de Casa Nova

Finalmente eu mudei, meu apertamento alugado se tornou a casa dos sonhos, mesmo como está com algumas caixas espalhadas, sem sofá, sem uma tomada 220 para ligar a máquina de lavar, mesmo a um ônibus de distância do metrô, com pedaços de móveis improvisados;  ainda bem que agora é moderno não ter nada combinando, e haja contact, vou encapar tudo que é móvel que puder e a geladeira que se cuide!

Tanto que contact é o primeiro item da minha lista de prioridades, isso das coisas compráveis, porque falta tanta coisa que tive que elaborar várias listas de prioridades.

Seguindo o conselho dazamigas vou fazer um chá de casa nova, já andei pesquisando sobre e aparentemente não tem segredo.

O chá de casa nova, é pra quem sai de casa por qualquer motivo,  pra morar sozinho, com alguém, com várias pessoas e que não vai casar, e não tem a ajudinha dos amigos e familiares para montar a casa e comprar aquelas miudezas que fazem uma falta enorme no dia a dia.

É preferível que seja feita na casa nova, ou no salão de festas do local, ou o mais próximo possível da moradia para se tornar uma festa pessoal, porque além de ter a finalidade de ajudar o novo morador a se equipar para as adversidades da grande aventura que é morar sozinho, ou junto com alguém, também serve para os amigos saberem do endereço e voltarem sempre.

Os convites podem variar, como todo o resto, podem ser apenas e mails, um convite eletrônico, ou impresso como antigamente, já com  o presente anotado.  E por falar em presente, deve se especificar cor, modelo, tamanho, mas deve se tomar cuidado e não pedir presentes muito caros, não é casamento, onde os padrinhos já se preparam para os gastos. Não se preocupem, se tudo der certo não caso nunca mais .

Quanto ao cardápio, esse pode variar de acordo com o perfil da festa e dos convidados, não me peçam a galinhada a menos que me tragam a panela grande e ainda assim vou agendar para uma outra data, já passo um terço da minha vida na cozinha, quero festejar um pouco também, se me trouxerem pintinho, eu crio, só não garanto a galinhada, vai que eu pego amor ao bichinho.

Entre finger food, e uma noite da pizza, vou na segunda opção , só falta conferir se há um forno decente no salão de festas e se não houver hoje em dia não há nada que não se possa alugar, até fornos.

Quer reunião melhor onde cada um recheia sua pizza com o que gosta e retira quentinha do forno? Esse  parece que vai ser o formato do meu chá de casa nova. Nada que impede que se faça até um churrasco, tudo vai depender das características do anfitrião, bem, no meu caso, melhor nem pesquisar muito ou corre se o risco de ter até musica ao vivo.

Andei fazendo uma lista de coisas que preciso, mas claro, fica a critério de cada um e mesmo que não me tragam presentes serão bem vindos, só não deixo comer, brincadeira!

Na próxima postagem segue a lista de sugestões de chá de casa nova e na próxima uma sugestão de cardápio.

 

2 comentários Adicione o seu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *