Renovando Móvel com Contact

Era uma vez um móvel que foi comprado há cinco anos para apoiar meu notebook e mais algumas tranqueiras tecnológicas, essas que eu precisava muito no época.

Mudança vai, mudança vem, mais a pouca qualidade do móvel fizeram que ele virasse dois. Uma parte virou prateleira e outra parte ficou passeando de um lado pro outro com todo tipo de tralha, roupas pra passar, e tudo mais que ainda não tinha endereço certo.

móvel com contact

Na semana passada me irritei, tirei tudo de cima dele e coloquei ao lado da porta, onde eu iria empilhar tudo o que fosse para doar, sim ainda estou nessa vibe de desapego, é isso ou me acostumar a fazer trocentos agachamentos cada vez que for limpar a casa e considerar fenomenal passar mais de uma hora por dia tirando pó de coisas que nem uso mais.

No ultimo domingo quando comecei a arrumar a bagunça encontrei um rolo de contact que comprei na idade média pra forrar algum móvel e esqueci. Sou dessas.

Pensei por um instante se não seria muita bolinha pra pouco móvel, mas se ficasse ruim o pior que poderia acontecer era eu ter que comprar um contact preto pra equilibrar.

Não é que deu certo?

móvel com contact

Adorei o móvel, coube direitinho no meu quarto, pra deixar do lado da cama com minhas maquiagens, livros e coisinhas que uso diariamente que não podem ficar no banheiro e que estavam numa mala até que eu encontrasse destino. Aos poucos o apartamento vai ficando aconchegante e funcional. Pretendo em breve colocar um espelho nele para fazer maquiagem, não sei ainda se estilo camarim ou um redondo simples de mesa mesmo. Acho o espelho camarim lindo, porém muita ostentação e deve fazer um calor tantas lampadas acesas ao mesmo tempo. Sei não, não combina com a minha sustentabilidade.

No final as bolinhas que eu estava preocupada funcionaram também pra distrair dos defeitos, ficaram algumas bolhas por motivo de querer fazer tudo pra ontem e com os gatos atropelando.

Para aplicar o contact eu limpei bem a peça e passei a esponja com detergente deixando a espuma para facilitar a remoção de bolhas e descolar caso fosse preciso. Soltei apenas a ponta do papel e fixei o contact na base do móvel, com uma mão puxava o papel e com a outra alisava com um pano. Depois de aplicado todo, cortava os excessos com estilete. Há vários tutoriais no youtube, eu recomendo se você nunca colou nada com o contact.

móvel com contact

Se olhar de perto da pra ver alguns defeitinhos, mas valeu como aprendizado, no próximo não cometerei alguns erros.

Agora além do cantinho do café tenho também meu cantinho da beleza. Só falta dar um jeito na mala velha com roupas de mendiga confortáveis, daquelas que a gente corre pra trocar quando toca a campainha.

Gostei da minha primeira aventura com o contact e até me surpreendi, justo eu que não conseguia nem encapar um caderno direito.

E você, já se aventurou com o contact?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *