Resoluções de 2015 – Foco e Organização

Eu poderia vir aqui e escrever que em 2015 eu quero emagrecer, ganhar um salário de 5 mil,  fazer uma horta, fazer faculdade, comprar uma casa, comprar um carro, viajar pra NY e mais outras várias coisas. Já tentei isso e confiem em mim, não deu certo.

Minhas listas/resoluções de ano novo parecem perfeitamente possíveis quando estou montando, faço cálculos de dinheiro, tempo, prevejo imprevistos, mas não sei o que acontece entre o dia 2 de janeiro e dia 30 de dezembro que metade do planejado não sai do papel e isso é muito frustrante. Outras coisas vão indo bem até os 45 do segundo tempo, como minha poupança de ano novo, e nos acréscimos, aqueles dias em que você acha que o jogo já está ganho, vem a vida e faz dois gols em 3 minutos e a gente fica igual jogador de futebol dando entrevista: ” É, a gente tentou até o final, dessa vez o outro time foi melhor, a gente seguiu as orientações do professor, agora é se preparar para o próximo campeonato, ano que vem a gente tem a chance de corrigir os erros e ganhar!”

calendário 2015

Hoje já é ano que vem e depois de uma grande analise de outros anos frustantes perdidos já no final por distrações bobas, falta de foco e pouca organização, cheguei a conclusão que não adianta querer mudar o mundo, se não consigo focar nem nas prioridades do meu dia.

Atualmente minha maior prioridade é ganhar dinheiro. Nos últimos meses de 2014 fiquei quase sem trabalho, além de não conseguir terminar a poupança de ano novo, precisei usar o dinheiro que já tinha guardado. Ou seja, estou zerada, preciso de um trabalho/emprego pra ontem, o que nem parece tão difícil, mas é. Não quero mais ficar fazendo trocentos doces iguais modelados pra colocar sobre mini cupcakes de limão siciliano com recheio de frutas vermelhas que serão entregues em mini caixas de acetato que só são vendidas na loja tal na rua de baixo da vinte e cinco de março que não abre aos sábados e a encomenda é pra terça de manhã e hoje é quinta. Claro tudo isso decidido após horas de negociação do preço, já que é uma quantidade grande o cliente acredita que merece um bom desconto, porque além de tudo é o mini, esse preço a prima da vizinha da amiga da cunhada do irmão do marido da tia cobra no grande. Eu sempre fico achando que meu trabalho está sendo desvalorizado, que eu poderia estar ganhando mais e que toda a bagunça do universo está concentrada no meu apartamento, já que viro noites confeitando doces, passo dias rodando a cidade fazendo compras, e alguns dias nem tenho tempo direito de parar pra comer.

agenda 2015

Não é que eu não saiba administrar, ou que eu não tenha tentado, é uma área prostituída ( as vezes me pergunto, qual área não é no Brasil). Estou a procura de emprego simples, que não precise de praticas e habilidades especificas. Estou zerando mesmo. Sei lá, posso ser digitadora, recepcionista, auxiliar de escritório, telemarketing, qualquer coisa que me gere uma renda fixa, mesmo que minima, mas que me garanta os finais de semana livres pra fazer bolos. Apenas bolos para complementar a renda, quero sair dessa situação de ficar refém do cliente, cobrar meu preço e se não quiser pagar pelo menos as contas básicas estarão pagas.

Acredito que com uma rotina vou conseguir me organizar melhor, tirar um pouco da bagunça de dentro de casa, ter mais tempo para fazer as coisas que eu gosto, estudar, ler, blogar, dançar… Consecutivamente dormir e comer melhor, emagrecer, ser mais saudável, menos estressada. Uma coisa levará a outra.

Continuo querendo realizar os  projetos dos 101 coisas em 1001 dias, e nos 12 desafios em 12 meses.

Planos eu tenho vários, de viajar, fazer tatuagens, estudar,  reciclar móveis, comprar um carro, fazer plasticas, mas nada disso vai acontecer se eu não focar no principal, trabalho. Uma fonte de renda, uma “segurança”.

Foco e Organização

Foco: Arrumar emprego fixo.

Organização:

  • Organizar currículo, fazer cursos e especializações que me ajudem a conquistar uma vaga.
  • Recusar encomendas de clientes que não valorizam meu trabalho e querem por preço nele.
  • Enquanto o emprego não chega, ajeitar uma rotina e respeitar meus prazos e horários.

Claro que não vou ficar de braços cruzados esperando o emprego, tenho planos para área de mídias sociais, vou investir meu tempo no blog, gerar conteúdo, que pode ser meu portfólio, vai que dá certo!

Recomeço a dieta na segunda feira dia 05/01 e a partir daí quero manter o blog sempre com conteúdo novo.

Vou participar também do Desafio de Organização do Vida Organizada já tirei as fotos da minha varanda e vou redigir um post falando sobre minhas pretensões e veremos até o final do mês de janeiro o tamanho da transformação.

Também quero falar mais sobre meus gatinhos, sobre a minha redescoberta do uso da maquiagem, esse é meu ultimo ano de trinta e poucos, 2016 eu entro nos entas e aí só com muita tecnologia pra salvar, outro assunto que vai estar sempre por aqui é a culinária/gastronomia, afinal a família precisa se alimentar bem e esse foi o principio do blog. Por ultimo e não menos importante quero falar sobre filmes e livros, o meu desafio são 12 livros ( um por mês) e 52 filmes ( um por semana), assistir, ler e já correr pra cá postar sobre, sinto falta disso, já que pelo facebook vivo indicando filmes e livros para amigos, acho que minha indicação pode ser importante para mais gente.

É isso, documentar minha vida, minhas opiniões, ter um trabalho mais simples mas que vai me dar mais calma, ter mais tempo e vontade de viver coisas mais simples, essas são minhas metas para 2015. E as suas, já pensou em tudo? Conta aqui o que planeja para 2015.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *