Encontro de Blogueiros, Oba! Não Vou!

Já se vão mais de 8 anos desde o meu primeiro post tímido no Eu Sei Disso, durante esse tempo, já vivi quase tudo que um blogueiro pode viver, muitos comentários, dinheiro de adsense, pedidos de parceria, patrocínio, haters, só não teve viagem pra NY e placa do Youtube, mas como, né? Youtube pra mim é igual a Mega Sena, dizem que dá dinheiro, mas eu nunca tentei pra ver se é isso mesmo.

Quando eu criei meu primeiro blog eu tinha duas intenções, a primeira desabafar, chorar as pitangas, escrever minhas maluquices e a segunda era ter um arquivo digital das minhas receitas que quem me conhece sabe que meus livros sofreram dois atentados ao logo da vida.

Com o passar do tempo eu descobri que poderia ganhar dinheiro com o blog e não tenho vergonha nenhuma em dizer que até ganhei com posts e patrocínio. Fiz o que acreditava e ainda acredito, só não tenho mais a mesma disponibilidade, o foco muda, os objetivos mudam e assim com o blog, hoje continuo querendo escrever minhas baboseiras, ter um arquivo digital das minhas receitas e quem sabe até ganhar algum dinheiro.

Porque estou falando isso? Porque semana passada fui num encontro de blogueiros e quero deixar bem claro que não acho ruim que os blogueiros e empresas que organizam um evento desse porte ganhem dinheiro com isso, só acredito que tem que ser bem organizado. Estudei marketing e estou cursando publicidade, não sou inocente e jamais serei hipócrita em dizer que é só pela amizade, é por dinheiro sim, também e sempre será.

Já fui neste evento no ano passado e constatei vários problemas, erros grotescos, mas era a primeira vez, problemas acontecem, deram azar, ninguém está livre de errar, mas este ano os mesmos problemas ocorreram e de forma piorada, ou seja, ninguém aprendeu nada com os erros, talvez nem seja interessante aprender. Provavelmente, eu nem seja convidada a participar do próximo ano e se for pra continuar assim, nem faço questão. É bacana rever os amigos, conhecer as marcas, estreitar laços, ganhar presentes, trocar figurinhas. O que não é legal é ficar em pé por mais de 8 horas, num calor dos infernos, espremido com 300 pessoas num local onde cabem no máximo 100, sem água, sem o menor conforto. Ter workshops incompletos, ver brindes que as marcas disponibilizam para os blogueiros sendo levados de volta para os organizadores sabe se lá porque. Ah, também não podia sair mais cedo, tinha que esperar até um certo horário ou não retirava os kits.

cadeia-lotada1

E não é que fomos de graça, por pura bondade dos organizadores, foi cobrado uma entrada de R$50,00 de cada um dos cem blogueiros participantes, que poderiam levar um acompanhante e deveriam levar um prato para a mesa dos blogueiros que me lembravam mais as cenas do aniversário de São Paulo, um cenário de guerra, disso as organizadoras não tem culpa, ou até tem, já que selecionam os blogs não pela qualidade mas pelo puxa saquismo envolvido, porque quem reclama é cortado no ano seguinte.

bolo-do-aniversario-de-sp-some-album-de-tabloide-1346941283476_956x500

As marcas não tem culpa, e também como nós blogueiros, também pagaram para expor seus produtos, mereciam um atendimento melhor, afinal, o mesmo perrengue que passamos eles passaram também.

A falta de critério chegou a tanto que haviam blogueiras de moda num evento de comida, marcas concorrentes expondo no mesmo espaço, a mesa dos blogueiros que eu acredito que deveria ser uma lembrancinha que a blogueira prepara para ofertar aos amigos com bolos de padaria, salgados comprados prontos e por aí vai, uma ofensa para quem ama cozinhar. Sem contar que facas e espatulas foram sumidas da mesa para que bolos sobrassem inteiros e pudessem ser levados de volta para os organizadores. Assim é fácil, né migas!

wallpaper-do-deserto

Kits e mais kits de produtos sendo escondidos, mas pera, não era pra sortear para os convidados? Não somos nós que temos que escrever para as marcas?  Ou alguém acredita que eu vou sentar aqui e passar horas editando fotos, gastando todo meu português em troca de meia dúzia de produtos? Desculpa, não sou caçadora de brindes, por mais que sejam bons os produtos e são, não valem um post, uma tarde inteira de trabalho. Se quiserem post tem que pagar por isso. Eu vou continuar postando fotos no Instagram e compartilhando no Facebook tudo que gostei e que estou utilizando, que acredito seja uma forma de agradecimento pelos produtos. Se o produto é bom quando postar a receita que foi utilizado cito que usei de tal marca e é isso.

Sei o trabalhão que dá organizar um evento, por isso nunca me envolvi, mesmo recebendo vários convites para tal. Já fui em outros encontros e sei que é possível fazer melhor e pagando os mesmos 50 dinheiros.

Fica o alerta para as marcas que estão se associando a blogueiros que querem fazer fama e dinheiro em cima de outros, prometendo mundos e fundos e não conseguem nem servir água gelada num evento.

As marcas precisam de influenciadores confiáveis, não de quem trabalha pra Deus e pro diabo, os blogueiros precisam de inspiração, estratégias, dinheiro e não só de kits.

É uma luta pra conseguir fazer uma marca entender o poder dos blogs pra virem e fazerem um negócio desses, aposto com qualquer um que muita marca só continua participando porque envia promotores  que claro, não vão reclamar, porque qualquer marca que tenha alguém do administrativo não volta mais.

Peço desculpa aos amigos todos, reencontrar vocês é sempre garantia de diversão, mas alguém tem que reclamar, não vejo vocês nesse evento ano que vem, mas não precisamos disso pra nos encontrarmos!

PS – Só quero deixar bem claro que meu descontentamento nada tem a ver com as marcas participantes, e sim com a péssima organização do evento.

 

 

 

 

2 comentários Adicione o seu
  1. Sandra, assino embaixo tudo que você mencionou, foi exatamente o que vivenciamos!
    Só sinto pelas pessoas que compareceram, estão indignadas, mas não tem coragem de dizer o que realmente aconteceu… parabéns pela sua coragem… eu compartilhei em meu perfil! Gde beijio

  2. Oi Sandra.É uma pena que você não tenha ido no encontro quando eu organizava, meu foco sempre foi receber bem os convidados.Foi o que aprendi com minha mãe, que os convidados devem sempre ser bem recebidos.Fui tirada do evento que eu criei com a Ana Claudia e agora vejo que se transformou nisso.Realmente muito triste ver que as pessoas estão sendo maltratadas em um evento que foi criado para que as pessoas pudessem interagir entre si.Mas o que é mais triste ainda é saber que no próximo estará cheio novamente, porque as pessoas reclamam e depois estão lá.Lamentável.Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *